11/08/2008

ALMA CIGANA - THAIS ARRIGHI - SÃO PAULO


ALMA CIGANA


Alma cigana é a minha!
Atrevida
Sonhadora
Mas redimida
De outras vidas
Sofridas sem amor!
Hoje...Renascendo
Mais transparente
Só quero um lirio
Do campo colher...
Juntar à esta flor
Todo o meu amor...
E eu junto com ela
Ser um ramo atraente
Para te oferecer...
Tranquilamente...
Pois ao te encontrar...
Aprendi o que é amar!
Minha alma então
Renasceu
Pois te conheceu!
E em melodia
Formamos um hino de alegria
Não deixando quebrar os laços
Na canção...
Que deixo cantar no coração
Me fazendo perder a razão!
Desperto então
Minha alma cigana...E
Vou espalhando amor
Seguindo teus passos por
Onde você for!

©Thais Arrighi - 2008

Um comentário:

Renato Baptista disse...

Oi Madrinha...
Passeando aqui na sua casa de novo. Fico feliz que tenha gostado e que esteja caprichando como sempre nos poemas.
Um beijo grande e fique com Deus.
Renato Baptista