03/03/2017

ROSA BRANCA - Thais Arrighi - São Paulo - Brasil 2017






Rosa Branca

Rosa branca ou de qualquer cor
Simbolizam a realeza!
No seu jardim ...Uma princesa
Ou será a rainha da natureza!
A Branca simboliza a paz
A vermelha exuberante...O amor
A rosa uma suavidade na cor e a
Amarela o charme de um jardim em flor!
Seu caule uma fortaleza e 
Com seus espinhos a proteção!
No silencio abre suas  pétalas
Dando à vida
A gratidão!
Thais Arrighi - Março/ 2017- @DAAS


28/12/2016

Ano Novo com LUZ , PAZ E AMOR - 2016/2017 - Thais Arrighi - Dezembro 2016



Ano Novo 2017

LUZ, PAZ E AMOR
 
 
Ah! se eu pudesse transformar
O mundo!
Navegaria em um barquinho
Rumo à felicidade!
Na imensidão do mar...
Só a luz da lua eu queria olhar onde
Meu farol seria o seu coração!
E eu flutuaria em mansas ondas da Paz
Seguindo o rumo certo
Longe da maldade
Da crueldade...Tendo só
O amor como fantasia!
Se eu pudesse resolver
Todos os problemas...
Diminuiria as penas
De quem sofre sem merecer!
Acabaria com as guerras
E em lugar de grandes batalhas
O amor eu faria florescer
Com muita luz
Dentro do nosso coração e Paz...
Você poderá entrar...
Eu acredito em você! 
Desejo a todos  um novo ano
Cheio de realizações
e muita...
PAZ! 

Thais Arrighi - 2016 - São Paulo/Br
 
 

08/12/2016

LIBERDADE - Thais Arrighi - Sâo Paulo - Brasil/ 2016



Liberdade

Liberdade para amar
Para voar
Em prados verdes
Correndo entre flores...
Ouvir o barulho das águas das cachoeiras
Correndo... Caindo...
Bailando com suas águas claras
Entre as pedras do caminho!
Liberdade para ser feliz...
Descobrindo os mistérios da vida!
E para cuidar desse tesouro
Seremos flores
Plantados na terra do carinho
Seja qual for o caminho!
Sem prisões... Sem grilhões
Assim a vida encontrará
Um meio de viver
Expandindo coragem e
Esperança na...
Liberdade do viver!

Thais Arrighi /Dezembro 2016


01/12/2016

VIDA
 Vida da minha vida
Reunindo vários caminhos
Rastreando meus ecos
Distantes do mundo!
Teu olhar que nunca vi...
Teu corpo que nunca toquei
Um abraço que nunca te dei
Partirei um dia para o alem
Deixando uma vida de sonhos
Que nunca realizei!
Carregarei a alma partida
Com destino a terra de ninguém...
No coração um grande amor
Levarei também!
A alegria que me foi perdida
De desejar o que não se tem
Com certeza  estará na minha bagagem
Nessa infinita carruagem
Esse amor verdadeiro
Que me atormenta
Na vaga esperança discreta
Que só um poeta tem...
Tornando-se um pássaro de prata
Para somente voar...Voar...
Ate um dia quem sabe...
Te encontrar!

Thais Arrighi - São Paulo - Brasil


Amando na chuva - Thais Arrighi - São Paulo -Brasil



Amando na chuva 

Quero hoje acordar dos meus sonhos
Amar-te no molhado
Da chuva que cai... Lembrando o amor
No jardim perfumado... Das flores carentes...
Naquele pecado... Safado gostoso
Àquele só meu!
Envolver-te no abraço...
Molhado...Suado...
Do seu corpo cansado... Pedindo... Implorando...
O seu repousar!
Assim... Como um menino
Igual um passarinho que não sabe voar
Pedindo meu colo... E com jeitinho... Ternura
Com  afagos e beijos
Só seus... Que me fazem sonhar!
Quero hoje...
Molhar meus cabelos
Na chuva de prata
Caindo suave... Molhando meu colo
Querendo você
Girar nos seus braços... Rolar no molhado
Aquecer-te com beijos... Enxugar seus desejos
Apagar os meus sonhos
Acordar  ao seu lado
Amando na chuva... A mais envolvente
    Do seu amor!

Thais Arrighi - Dezembro/2016



ACALANTO - Thais arrighi - São Paulo - Brasil


ACALANTO

Hoje...
Transformei minhas lágrimas
Em gotas cristalinas
E depois em formato de estrelas
Iluminarei teus olhos
Para que eles voltem a brilhar!
Quero...Envolver teus sonhos
Com todos os carinhos
Que eu possa te dar...
Fazendo dos meus versos
O teu reverso de amar...
Para você  brincar...
Sorrir...Cantar!
Na distância...
Brinco com o orvalho
Que suave cai na noite
E envolve o teu solo
Pois quero o teu colo
Para me embalar!
E no frio desta noite
Sentir tuas carícias
E no escuro do teu silêncio
Acalentarei teu sono
Beijando tua alma
Que está hoje...
Mais próxima de mim
Mesmo à distância que nos separa!

Thais Arrighi - Dezembro/2016



16/11/2016

NATUREZA VIVA -Thais Arrighi - novembro 2016 - SP/Brasil


NATUREZA VIVA

         Respeitar a natureza
O seu equilíbrio...
É como harmonizar
O coração!
É cirandar com os anjos
Em forma de poetar!
É comemorar a elevação
Dos pensamentos...
É educar o comportamento
Seguindo o exemplo
Daquele que nos deu de presente
Trazendo a redenção...
No verde das matas
Na canção dos rios
Na melodia dos pássaros
No colorido das flores
No mel dos sabores...
Florescendo o amor...
Fraternalmente dividindo
Entre povos sem distinção
De cor...Raça...Condições sociais
Porque somos racionais!
A natureza é solidária
Mudando através dos tempos...
Por mãos...Serras...Machados
Que impiedosos só querem ceifar
Transmutando as intempéries e
A quietude da paz!
Preservar a natureza
É dar as mãos como os anjos
No cirandar verde...Amarelo

No azul do céu e o branco da paz

@Thais Arrighi

15/11/2016

Uma Lua Solidaria - Thais Arrighi 2016 - São Paulo - Brasil



UMA LUA SOLiDARIA

Ontem quando anoiteceu...
Olhando a lua
Sorri!
Resolvi então falar com ela...
Contei do meu amor por você...
E para meu espanto
Ela se escondeu e
Se pôs a chorar!
E sentindo seu pranto
Entendi que ela era solidária
Dos meus prantos
Quando nos meus desejos
Te encontro!
Encontro esse vindo dos meus sonhos
E com ele a tristeza de não poder
Te tocar...Olhar teus olhos
E sentir tuas mãos macias  passearem
Pelo meu rosto tocando a cada lágrima
Que rola dos meus olhos como se fossem
Flores despontando dentro de mim...
Refletindo o carisma que habita em ti
Fazendo-me sentir a cada dia mais e mais
Este amor que me une à você!
A lua então...
Quando seus olhos secaram
Criou uma estrela para que nosso amor
Ultrapasse as barreiras da vida
E se fazer eterno!
Comovida então adormeci
E nos meus sonhos novamente te vi!

@Thais Arrighi



11/11/2016

AMOR EM BILHETES - THAIS ARRIGHI -SP - BRASIL







AMOR EM BILHETES

Escrevi meu amor em bilhetes

Como um lindo ramalhete

E em sonhos te ofertei

Em forma de postagem

Das palavras de carinho

Que pairaram no ar

E nem sei se vão te encontrar!

Nas palavras iluminei abraços

E em soluços

Chorei nossa sina!

Declamei meu apego

E em versos abri meu coração

Deixei o seu entrar

Ouvi o eco da minha paixão!

Sonhadora

Expressei as dores

Sorri lembranças

E como criança

Beijei teus lábios sonhando

E foi assim que acordei!

Palavras de amor em versos...

São nossos versos em forma de dor!

Mensagens quase diarias

Trocadas em meros bilhetes

Como ramalhetes

Confidentes...Quase reais!

Pedacinhos de vida

Que a própria  vida escreveu!

Mas que alenta meu coração



Contente em te querer

Ávido pra te ver!

Entrega serena

Amor verdadeiro

Chegante...Amante

E...

Para sempre um bilhete

Falando de amor!

@Thais Arrighi-2016


04/11/2016

Voar - Thais Arrghi Outubro 2016 - São Paulo - Brasil



VOAR

 VOAR EM SONHOS
VOAR SOBRE AS NUVENS
VOAR SEM TER ASAS
VOAR  EM PENSAMENTOS
VOAR SOMENTE PRA ESQUECER
MAS... COMO ESQUECER OS SONHOS
AQUELES QUE ME FIZERAM SER GENTE
UM POUCO CRIANÇA
UM POUCO ESPERANÇA
COMO É ESTRANHO SONHAR...
COMO É RUIM ACORDAR!
POR ISSO QUERO BRINDAR...
AO SONHO FLOR QUE SE TORNOU REALIDADE
AO SONHO VIDA QUE É VERDADE.
VOCÊ MORRERÁ
AO SONHO AMOR ESSE INALCANÇÁVEL...
É O ÚNICO QUE ETERNAMENTE SOBREVIVERÁ!
SOBREVIVERÁ NA CRIANÇA, NA MENINA...
NA MELODIA, NO TEMPO... E NO VENTO
VIVEU EM MIM... VOOU PARA O SEM FIM
FEZ-ME MOÇA... SOFRER E CHORAR!
MAS O IMPORTANTE É LUTAR
PARA SEMPRE PODER...
VOAR... SEM ASAS PARA SONHAR!

Thais Arrighi-São Paulo/Brasil


31/10/2016

Com as Tintas de uma aquarela - Thais Arrighi - São Paulo -SP/2016


COM AS TINTAS DE UMA AQUARELA
  
Com as tintas de uma aquarela
Vou colorindo meus caminhos...
Meus espaços... Minha vida
A alma e meu coração!
Com as tintas de uma aquarela
Risco e rabisco
Os meus sentimentos
As minhas lágrimas quando de ti
Sinto saudade!
E ainda...
Com as tintas de uma aquarela
Vou pincelando
Os meus mais lindos sonhos
No tom azul...E a minha esperança
No verde da cor das matas
Misturando com o branco
Das nuvens que correm talvez
Em sua direção levando
A minha paz... A minha emoção...
Quando deixo meu pensamento
Te encontrar ao viajar ate você!
Com as tintas de uma aquarela
Ainda posso pintar meu coração
De vermelho  só para dizer
Com muita emoção
O quanto amo você!

Thais Arrighi
São Paulo/SP

 

27/10/2016

UM POR DO SOL PARA VOCÊ - Thais Arrighi - SP -Brasil





UM POR-DO-SOL-PARA-VOCÊ

Meus olhos te procuram
Fitam o céu
A vida foge!
Recolho-me no silêncio
Da minha janela
Vive-se tão depressa!
Olho o pôr do sol
Num horizonte de beleza e cor
E...Você  está lá
Pois você foi uma grande verdade!
Sua partida...
Uma grande mentira
Dessas que a gente faz de conta
Só para acreditar!
Meus pensamentos
Vagueiam
Meus olhos distanciam-se no infinito
No horizonte...Lembranças
Soltas ao vento balançam
Meu pensamento
E  a saudade distancia-me
Da alegria!
Que mistério é esse do amar?
Tudo foi nada
Mas maior foi seu amor
Desafiou meu coração
Mas meus olhos muitos abertos
Fitaram o chão!
Fecho a janela...É a hora 
Do pôr do sol
E não quero mais olhar
Você se esconder de mim!
Que este pôr do sol seja só pra você...
Para não respirar saudade
E acabar com a maldade
Quem sabe assim
Um dia qualquer
A gente se encontra
E novamente
Olharemos um pôr do sol com amor...
Porque...
Hoje ele é só para você!

@ThaisArrighi-





25/10/2016

Ao Apagar a Luz - Thais Arrighi - São Paulo- Brasil 2016


AO APAGAR A LUZ

Vou apagar a luz
E pensar em ti
Beijarei teus lábios
Morrerei de amor!
Em minhas mãos
Depositarei brilhantes 
Como devaneios!
Adormecerei em teus braços
E deixarei viajar
A minha imaginação!
Caminharei meus sonhos
Em teu corpo...
Em teus abraços...E
Em teus carinhos
Meus desejos sufocarei
Pois na ansiedade muito te beijarei!
Mesmo que se faça tarde...
Nas minhas fantasias
Bailaremos a nossa canção...E
Ficarei na emoção
Onde tudo pode acontecer
Pois nunca é tarde para amar 
Nunca é tarde para sonhar
Quando eu apagar a luz
E pensar em você
 Ate o meu amanhecer! 
Thais Arrighi - 



Laços de Saudade - Thais Arrighi - SP/Brasil 2016


Laços de Saudade

Você já sentiu saudade
De alguém que nunca viu?
Pois eu procuro
Essa saudade
No fundo do meu coração!
Luz dos meus dias
Suspiro quando sinto essa dor!
Vejo-me no fundo
De um imenso vazio
Um calafrio me domina!
Sonhar neste momento 
Me permito olhando 
A chuva que cai!
São águas celestiais
Que mais parecem cristais
E me levam a ter saudade
De alguém que nunca vi...
Mas cuja imagem 
Na minha imaginação
É como uma tatuagem de ilusão!
Então fico a me perguntar:
Devo nesse sonho acreditar?
E tais visões me fascinam...
Vão e voltam!
Da saudade...
 Apenas laços desfeitos
O sorriso vai embora
E meu coração então chora!
Pela saudade que sinto
De alguém que nunca vi
Mas que não sai 
Do meu pensamento!
@Thais Arrighi